top of page

Pescada

Plagioscion squamosissimus  (Heckel, 1840)

Plagioscion squamosissimus

(Heckel, 1840)

Família: Sciaenidae

Nomes Populares: Corvina, Pescada branca.

Tamanho: Porte grande, pode alcançar até 50 cm e pesar 4,5 kg.

Biologia
  São peixes que formam grandes cardumes na porção central de lagos, lagoas e reservatórios. Alimentam-se de peixes e camarões, com predominância de um ou outro, dependendo do local. A família é principalmente marinha, mas possui alguns representantes na água doce, sendo o gênero Plagioscion o mais comum.

Morfologia  

  Peixes de escamas, coloração prata azulada no dorso e ventre esbranquiçado. Boca oblíqua, com um grande número de dentes recurvados e pontiagudos. Possui dentes na faringe e a parte anterior dos arcos branquiais apresenta projeções afiadas com a margem interna denteada.

 

Habitat
  Água doce, regiões tropicais. Faixa ótima de temperatura entre 22 a 27°C.

Distribuição geográfica

 América do Sul: bacias Amazônica e Araguaia-Tocantins.

Potencial para cultivo

  As Pescadas são muito apreciadas pela carne branca e delicada, sendo que Plagioscion squamosissimus, a espécie mais comum, tem grande importância comercial na Amazônia. É uma espécie que vem sendo introduzida nos açudes do Nordeste e bacias do rio São Francisco, onde tem se adaptado às condições climáticas.

Plagioscion squamosissimus  (Heckel, 1840)
Plagioscion squamosissimus  (Heckel, 1840)
bottom of page