top of page

Dourada

Dourada

Brachyplatystoma rousseauxii

(Castelnau, 1855)

Família: Pimelodidae

Nomes Populares: Dorada.

Tamanho: Porte grande, pode alcançar até 1,80 m e pesar 30 kg.

Biologia
  É um peixe carnívoro, que se alimenta de cardumes de peixes menores, principalmente de escamas. É uma espécie que realiza longas migrações reprodutivas, percorrendo distâncias superiores a 4.000 quilômetros, levando de dois a três anos para migrar rio acima, antes de desovar. Suas larvas são carreadas rio abaixo pela forte correnteza, alcançando o estuário, seu habitat de crescimento. Machos atingem a maturidade sexual com tamanho de cerca de 107 centímetros, enquanto fêmeas se tornam férteis com cerca de 123 centímetros. Não existe dimorfismo sexual evidente.

Morfologia

  Peixe de couro, que apresenta a coloração da cabeça prateada e o corpo claro com reflexos dourados. Apresenta longos lobos na nadadeira caudal e barbilhões curtos.

Habitat
  A Dourada habita o leito de grandes rios, nos poços e trechos abaixo das corredeiras e pedrais. São peixes demersais de água doce e de clima tropical.

Distribuição geográfica 

  América do Sul: bacias dos rios Amazonas, Orinoco e principais rios da Guiana Francesa.

Potencial para cultivo

  A Dourada é um peixe muito apreciado por seu sabor, além de conter pouca gordura. Mas poucas são as pesquisas realizadas para o cultivo desta espécie. Ainda não há registro de sua reprodução em cativeiro, dado seu ciclo de vida natural complexo.

bottom of page