top of page

Surubim

Surubim

Pseudoplatystoma tigrinum (Valencienes, 1840)

Família: Pimelodidae

Nomes Populares: Pintado, Cachara, Surubim tigre, Caparari.

Tamanho: Porte grande, pode alcançar até 1,90 m e pesar 80 kg

Biologia
  O Surubim é carnívoro, essencialmente piscívoro. Em seu ambiente natural se alimenta principalmente da Tuvira, minhocuçu, Curimbatá e pequenos peixes. Sua reprodução se dá no início das chuvas, período em que migra para as cabeceiras dos rios para realizar as desovas. 

Pseudoplatystoma tigrinum (Valencienes, 1840)

Morfologia

   O Surubim é um peixe de couro, com corpo alongado e roliço, cabeça grande e achatada. Sua coloração é cinza-escura no dorso, clareando em direção ao ventre, sendo esbranquiçada abaixo da linha lateral. Possui manchas pretas irregulares, como de um tigre, que começam na região dorsal e se estendem até abaixo da linha lateral.

Habitat
   Habitam matas inundadas, lagos, canais de rios e praias. Faixa ótima de temperatura de 22 a 26 °C e pH de 6,2 a 7,2.

Distribuição geográfica 

   América do Sul: bacias dos rios Amazonas e Orinoco.

Potencial para cultivo

  O termo Surubim compreende uma variedade de peixes que se destacam pela boa qualidade de sua carne e aceitação no mercado, valor comercial, participação considerável na pesca comercial, esportiva e ornamental. É um importante recurso pesqueiro que apresenta potencial para o cultivo, possuindo características como ausência de espinhas intramusculares, grande porte e crescimento rápido.

Pseudoplatystoma tigrinum (Valencienes, 1840)
bottom of page